Sunday, November 19, 2017

Horta vertical com irrigação própria

Horta vertical com irrigação própria

As hortas verticais são ideais para serem instaladas em pequenos espaços. Elas podem ser facilmente acopladas em sacadas, corredores e qualquer área que receba luminosidade natural. No manual criado por um grupo de estudantes de design durante o Encontro Internacional de Design para o Desenvolvimento Social, é possível ter os detalhes para a construção de dois modelos de hortas verticais com sistema próprio de irrigação.

As duas ideias apresentadas na publicação foram planejadas para serem acessíveis a qualquer pessoa. Por isso, os materiais usados são, em sua maioria, reaproveitados ou de baixo custo. O sistema prova que o plantio de ervas, temperos, verduras e legumes não é caro e pode trazer benefícios à saúde e também ao bolso.

O primeiro modelo ensinado é a “Horta Serpente”. Nela, as garrafas estão na horizontal, mas dispostas em forma vertical na parede, ligadas por uma pequena mangueira. A primeira garrafa da sequência não abrigará o plantio, mas, sim, água. Este é o reservatório que abastecerá toda a horta.

horta2

Já a “Horta Cisne” tem as garrafas cortadas ao meio, em posição vertical. Elas devem ser fixadas em uma tábua de madeira, dando origem ao que os criadores chamam de: tábua de vasos. Neste caso, também será usada uma garrafa especial para o reservatório de água.

horta3

A diferença é que no primeiro caso, a mangueira passa por dentro da garrafa, em contato direto com a terra. No segundo, é usado um sistema de gotejamento. Então, a mangueira com pequenos furos é fixada na tábua sobre os vasos, liberando pingos de água ao longo do dia.

O manual também dá dicas sobre compostagem e outros cuidados básicos para manter uma horta sempre saudável e bonita.
Acesse o material completo.

Fonte: Ciclo Vivo

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *