Monday, December 18, 2017

Vitória: Cia aérea encerra transporte de macacos para laboratórios

Vitória: Cia aérea encerra transporte de macacos para laboratórios

Após intensiva campanha da PETA e mais de dez mil e-mails enviados por ativistas, a Air Transport Services Group (ATSG) disse à PETA que não vai mais transportar macacos para laboratórios. O anúncio veio uma semana após a PETA pedir à Amazon – que recentemente uma parceria com a ATSG – de exigir à transportadora aérea de acabar com essa prática cruel.

Há muito tempo, empresas de transporte aérea internacionais têm  abastecido os laboratórios dos EUA com a importação de macacos vindo da China, onde os animais não recebem proteção e são retirados de suas famílias e habitat ou são criados de forma cruel em fazendas industriais. ATSG e suas subsidiárias – Air Transport International (ATI) e ABX Air – foram responsáveis pelo transporte de muitos macacos para os laboratórios nos EUA, onde eles são aprisionados, machucados, envenenados, privados de comida e água, são viciados em drogas, infectados com doenças e mortos. Durante o transporte, ATI nunca se importou com o mínimo cuidado com os animais. Em vôos longos, eles foram privados de água e comida além de permanecerem em jaulas sujas com seus próprios excrementos. A empresa está sendo investigada pelo Departamento de Agricultura dos EUA.

Segunda PETA, os ativistas têm persuadido empresas de transporte aéreo por todo o mundo – incluind Air China,  China Eastern Airlines, China Southern Airlines, Philippine Airlines e United Airlines – a fim de que não transportem mais macacos para laboratórios. Air France é a única hoje que continua atuando nesse negócio cruel.

 

About The Author

Danielle é jornalista, formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Já foi voluntária em diversas ONG como Abeac, Anda, Associação Mata Ciliar e N/a’an ku se (Namíbia). Atualmente, estuda Medicina Veterinária na Fesb de Bragança Paulista, onde faz estágio no hospital universitário HVet.

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *