Monday, December 18, 2017

Usando realidade virtual, filme mostra o que restou de Bento Rodrigues

Usando realidade virtual, filme mostra o que restou de Bento Rodrigues

A tragédia ambiental em Mariana (MG) completou cinco meses nesta semana. Sem que nenhum dos culpados tenha respondido criminalmente pelo ocorrido até hoje, o caso ganha apelos nas redes sociais para que não caia no esquecimento. Um dos registros para ficar na memória foi lançado pelo diretor Tadeu Jungle, autor do mini documentário “Rio de Lama”.

Com produção de Academia de Filmes, Maria Farinha e Beenoculus, o filme tem tecnologia de realidade virtual. A experiência para quem assiste é de realmente estar no local, acompanhando os passos dos moradores de Bento Rodrigues.

Moradores mostram os lugares onde viviam, onde eram suas casas, as ruas onde as crianças brincavam. Hoje tudo coberto por lama. O espírito de comunidade em Bento Rodrigues, que continha uma população estimada em 600 habitantes, também é destacado. “Casou, nasceu ou morreu ‘o Bento’ tava todo ali te apoiando, te dando força. Era uma união maravilha”, recorda uma das entrevistadas.

Habitantes também relatam como era o cotidiano na cidade, as tardes no fim de semana nadando no rio, as lembranças dos lugares que não existem mais. Ao apostar na experiência imersiva, o filme, com duração de nove minutos e 34 segundos, sensibiliza e gera empatia ao transportar o telespectador literalmente para a cena do crime.

É importante ressaltar que para ter a visão em realidade virtual é preciso usar óculos especiais. Mas, é possível ter uma visão 360º assistindo o documentário pelo celular (baixe na App Store aqui ou Google Play aqui) ou pelo Youtube, disponível abaixo:

Fonte: Ciclo Vivo

About The Author

Danielle é jornalista, formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Já foi voluntária em diversas ONG como Abeac, Anda, Associação Mata Ciliar e N/a’an ku se (Namíbia). Atualmente, estuda Medicina Veterinária na Fesb de Bragança Paulista, onde faz estágio no hospital universitário HVet.

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *