Monday, December 18, 2017

Marca têxtil cria couro sintético com fibra de abacaxi

Marca têxtil cria couro sintético com fibra de abacaxi

Além de mais resistente, o material é biodegradável e mais barato que o couro comum

Por Danielle Bohnen

O nome do tecido é Piñatex e foi desenvolvido pela empresa Ananas Anam que promete revolucionar o mundo da moda. Trata-se do primeiro substituto do couro animal à base de abacaxi. O material foi criado utilizando o coração da fruta e já está sendo utilizado na confecção de sapatos, bolsas, forro de móveis e casacos.

Após uma viagem de negócios na Filipinas, a designer espanhola Carmen Hijosa observou a criação de uma tela de abacaxi eco-sustentável. Os filipinos já confeccionam camisas utilizando o coração do abacaxi, de onde a ideia da Piñatex foi tirada. Segundo Carmen, o material além de mais resistente que o couro animal é muito mais amigo do meio ambiente.

E não é apenas um benefícios para os animais. Em termos econômicos, a produção do metro quadrado gira em torno de 25 dólares frente aos 30 dólares do couro normal. O produto se apresentou ser muito ecológico por ser 100% biodegradável, inclusive, após sua vida útil, pode ser reutilizado como fertilizantes para plastas, já que não utiliza produtos químicos como os utilizados na conservação do couro animal.

About The Author

Danielle é jornalista, formada pela Universidade Presbiteriana Mackenzie. Já foi voluntária em diversas ONG como Abeac, Anda, Associação Mata Ciliar e N/a’an ku se (Namíbia). Atualmente, estuda Medicina Veterinária na Fesb de Bragança Paulista, onde faz estágio no hospital universitário HVet.

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *