Saturday, September 23, 2017

Safári pantaneiro presenteia turistas com observação de pássaros, mamíferos e repteis

Safári pantaneiro presenteia turistas com observação de pássaros, mamíferos e repteis

A ideia de safári que se tem no imaginário comum é, muitas vezes, o africano. Observar leões, zebras, girafas, elefante e outros animais típicos da savana. No entanto, ao invés de viajar milhares de quilômetros até o outro lado do mundo, os brasileiros (e principalmente os mato-grossenses) podem fazer o passeio em seu quintal, no Pantanal.

 

Só as aves somam mais de 650 espécies neste ecossistema, de acordo com a WWF, uma organização não governamental focada em conservação global. Além delas, são encontradas 1132 espécies de borboletas, 122 espécies de mamíferos e 93 espécies de répteis. Com sorte, muitos podem ser vistos durante os safáris realizados na mata.

gavião Carca´ra em cima de mourão de perfil
Carcará observando o safari. Foto: Isabela Mercuri / Olhar Conceito

Na pousada Araras Eco Lodge, por exemplo, este passeio é feito todos os dias e noites com os turistas interessados. No horário marcado, todos sobem no caminhão e saem pelas estradas observando a fauna e flora ao redor. De acordo com o guia ‘Tchaco Pantaneiro’, é recomendado o máximo de silêncio, para que os animais não se assustem. O passeio durante o dia dura cerca de duas horas.

Durante a época da cheia, é fácil observar pássaros como gaviões, tuiuiús, seriemas e caracarás. A época da seca, de junho a outubro, é mais propícia à observação de mamíferos. Também por isso, ela é considerada a ‘alta temporada’ no Pantanal.

animal em foco de luz em meio ao mato
Animal observado durante safári noturno. Foto: Isabela Mercuri / Olhar Conceito.

Apesar de semelhante ao realizado na luz do sol, o safári noturno exige ainda mais atenção e silêncio. Focado em outros animais, aqueles que vivem à noite, o passeio é feito no mesmo caminhão, mas é necessário levar lanterna e, muitas vezes, são os guias que indicam onde os animais estão. Neste período é possível observar corujas, lobos e também flores que só se abrem quando o sol se põe.

Fonte: Olhar Direto

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *